Anvisa suspende produtos e empresa anuncia recolhimento de lotes de medicamento

A medida é por causa da ausência de registro válido junto à Anvisa

A Anvisa determinou, nesta quinta-feira (23/01), a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação e comércio, em todo o país, do produto Conjunto Radiológico Diagnóstico Fixo DF-150, fabricado pela empresa CRX Ind. Com. de Equip. Médicos Hospitalares. A medida é por conta da ausência de registro válido junto à Anvisa.

O produto de nome comercial “ Anel para Ronco”, fabricado ou importado por empresa desconhecida, teve sua fabricação ou importação, distribuição, comércio e uso suspensos pela Anvisa, bem como a sua propaganda e publicidade. O produto citado não possui registro ou cadastro na Anvisa e realizava propaganda irregular.

Além destas determinações também foi suspenso o lote nº. 5716 do produto Compressa de Gaze Estéril 7,5×7,5cm, fabricado pela empresa Neve Indústria e Comércio de produtos cirúrgicos Ltda. O lote apresentou resultado insatisfatório no ensaio de aspecto.

As fraldas descartáveis da marca  Primavera (de qualquer tipo e tamanho), fabricados pela empresa Eremed Comércio de Instrumentos Cirúrgicos, foram suspensas por conta da ausência de Alvará Sanitário e de  Autorização de Funcionamento. Também não houve comunicação prévia de comercialização do produto.

Recolhimento voluntário

A Anvisa deu publicidade ao recolhimento voluntário dos lotes Z235801, Z250401, Z257301 e Z266506 do medicamento Zitromax (Azitromicina Diidratada) 500 mg pó liófilo para solução injetável. Os lotes foram fabricados pelo Laboratório Pfizer Ltda e possuem validade até 09/2014, 12/2014, 02/2014 e 03/2015, respectivamente.

Clique aqui e confira as resoluções no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: http://portal.anvisa.gov.br/