A Convocação dos Concursados para a Secretaria de Saúde de Salvador

Conforme noticiamos, no dia 17, aconteceu a audiência pública “A Convocação dos Concursados para a Secretaria de Saúde de Salvador’. O SINDIFARMA, um dos proponentes da atividade, levada a frente pela vereadora Aladilce Souza, se fez presente pela nossa diretora, Eliane Simões. Confiram informações que...

Conforme noticiamos, no dia 17, aconteceu a audiência pública “A Convocação dos Concursados para a Secretaria de Saúde de Salvador’.

nacamara17_10_1

O SINDIFARMA, um dos proponentes da atividade, levada a frente pela vereadora Aladilce Souza, se fez presente pela nossa diretora, Eliane Simões.

Confiram informações que ela nos prestou sobre a atividade:

A audiência aconteceu visando debater o compromisso da parte da SMS pela efetivação dos concursados, e ainda efetivar a garantia dos serviços de saúde, considerando o déficit de pessoal e – consequentemente – o provimento das vagas com a nomeação de todos os profissionais classificados.

Consideramos ser essa convocação uma estratégia para atingirmos outro patamar em saúde, qualificando os serviços, trazendo as mudanças esperadas para a saúde pública do município.

Entendemos ser essa a forma de sair da situação histórica que vem sendo o horizonte da saúde de Salvador e garantir à população soteropolitana o direito à saúde, conforme prevê a Constituição Federal de 1988.

Várias intervenções e manifestações ocorreram no plenário, na busca da escuta dos presentes, diante dos representantes da administração na mesa, o senhor Alexandre Paupério, Secretário de Gestão, e da senhora Maria do Socorro Tanure, da Coordenação de RH.

A vereadora Aladilce deu à audiência uma excelente condução, e – a todo momento – buscou trazer a administração à responsabilidade do compromisso a ser assumido diante dos interessados presentes naquele plenário.

Presentes à mesa, estavam o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado da Bahia, a representação dos concursados, o Conselho Municipal de Saúde e o Conselho Estadual de Saúde.

Encaminhamentos que foram tirados:

1) Urgente se faz a substituição dos terceirizados incluídos no TAC pelos concursados;
Convocação imediata dos concursados, para qualificação dos serviços;
Fazer do cadastro reserva os efetivos dos concursados, considerando que os 3.444 concursados homologados em 2011 não cobrem o déficit;

Corrigir aberrações ainda existentes na organização dos serviços de saúde do Município de Salvador e
rever a situação de cargos esquecidos e necessários às ações e serviços no atendimento à população.
E por fim, foi firmado o compromisso pelo Secretário de Gestão, da renovação do concurso.

Cumprimos, assim, mais um passo da caminhada para a solução do problema: convocação dos concursado para a secretaria de saúde do município de Salvador.

nacamara17_10_2

Texto final de Marko Ajdaric