Doença de Chagas

Brasil pretende dobrar produção de medicamento

24/10/11

O Brasil deve aumentar em mais que o dobro a produção do medicamento contra a doença de Chagas, o Benzonidazol. É o que informa o Ministério da Saúde, esclarecendo que a medida foi adotada a partir de novas demandas de organismos de cooperação internacional. O país é o único fabricante mundial do produto.

A solicitação, discutida nesta semana, atenderá pacientes da Bolívia, Colômbia, Venezuela, Argentina, Paraguai e Uruguai. Está prevista a entrega de mais de 3 milhões de comprimidos até 31 de dezembro. Com isso, o Brasil deve atender toda a demanda da Organização Panamericana de Saúde (Opas) e OMS por medicamentos para Chagas.

Ministério da Saúde, Anvisa e laboratórios produtores, Lafepe e Nortec, foram articulados para alcançar essa capacidade de atendimento. A demanda sobre o produto cresceu 113% em relação à projeção inicialmente: passou de 1,5 milhão de comprimidos para 3,2 milhões – deste total, 1 milhão de comprimidos será para estoque estratégico.

 

A doença

A doença de Chagas é uma doença infecciosa febril causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, que se adquire por meio do contato direto com as fezes do inseto conhecido como “barbeiro”. No Brasil, a transmissão vetorial (pelo inseto) domiciliar foi interrompida, mas predominam os casos crônicos. Estima-se que existam entre dois e três milhões de indivíduos infectados. A ocorrência de doença de Chagas aguda (DCA) no País tem sido observada principalmente em decorrência da transmissão oral, por meio de alimentos contaminados.

 

Fonte: Agência Estado (em http://www.estadao.com.br/)