Farmácia nas Escolas é um sucesso nas escolas Luiz Viana e Manoel Vitorino

Com intuito de levar mais conhecimento sobre o universo da farmácia, assim como para esclarecer sobres problemas tão atuais, como a automedicação, uso de concepcionais e anabolizantes, o Sindicato dos Farmacêuticos da Bahia (Sindifarma), em parceria com o Conselho Regional de Farmácia (CRF) e estudantes...

Com intuito de levar mais conhecimento sobre o universo da farmácia, assim como para esclarecer sobres problemas tão atuais, como a automedicação, uso de concepcionais e anabolizantes, o Sindicato dos Farmacêuticos da Bahia (Sindifarma), em parceria com o Conselho Regional de Farmácia (CRF) e estudantes de farmácia da FTC, realizaram em julho a segunda edição do Projeto Farmácia nas Escolas, nos colégios públicos Luiz Viana Filho e Manoel Vitorino, os dois em Brotas.

Para o professor Marcos Urpia, um dos palestrantes do evento, a experiencia foi inovadora e unica. “Apesar de ter participado de outras palestras, era sempre para pessoas mais adultas. Essa ação é o fazer diferente na vida dos alunos. Percebi que eles estavam ansioso de informação e foi muito importante nossa interação. A produção estava muito bem feita, louvável, mas não pode ficar só nisso, tem de ampliar ao máximo e atingir toda a população juvenil”, observa Urpia.

A diretora do Sindifarma, Lígia Barbosa compartilha da mesma opinião: “os estudantes participaram muito, interagiram. Eles mostraram interesse e boa resposta da ação. É muito satisfatório”, completa.
O “Projeto Farmácia nas Escolas” continua e vai levar a cada edição mais informações e testes de saúde, como o de glicemia, pressão arterial, entre outros. Além das orientações sobre o uso correto do medicamento e outras situações relacionadas a saúde.

“Estamos laborando novos projetos para as escolas. Essa ação chegou para ficar e vamos, todos juntos, orientar e interagir com as escolas e comunidades para combater a automedicação e riscos à saúde das pessoas”, afirma a diretora do Sindifarma Soraya Amorim.