Não ao corte da insalubridade

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (SINDSAUDE-BA) vem a público manifestar sua indignação diante da medida adotada pelo governo do estado de cortar o adicional de insalubridade da remuneração de 1.518 servidores.

Nota-sindsaude_junho