Novo Complexo Industrial

Brasil ampliará produção da vacina contra a tuberculose para exportação

26/06/12

O Governo Federal anuncia que vai investir R$ 52 milhões para ampliar, em seis vezes, a produção nacional da vacina BCG contra a tuberculose. O principal objetivo é exportar o insumo para o mercado global, além de continuar abastecendo a demanda interna.

Para tanto, o Ministério da Saúde firmou convênio com a Fundação Ataulfo de Paiva (FAP) – laboratório público produtor da vacina – que prevê a construção de nova planta industrial, em Xerém (RJ). Atualmente, o pólo industrial fica no centro do Rio de Janeiro e produz 10 milhões de doses por ano, sendo a maior parte para consumo interno. O país exporta apenas para o Haiti.

A nova planta industrial terá capacidade de produzir 60 milhões de doses por ano, sendo que 60% deste quantitativo serão destinados à exportação da vacina. A expectativa é que, no final de 2013, seja produzido o primeiro lote da vacina na nova planta industrial.

A Vacina

Indicada para prevenir as formas graves da tuberculose, a vacina BCG é  aplicada nos menores de cinco anos e está disponível nas quase 35 mil salas de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fonte: Agência Saúde (http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/); por Bárbara Semerene, Rhaiana Rondon e Jorge Alexandre – texto editado