Sindifarma-Ba repudia conduta da Sesab

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab tem mostrado incapacidade de gestão do sistema de saúde. Além da inabilidade de diálogo com os servidores, constrói uma rede de venda de serviços. O estado não investe, sucateia seu parque e não contrata servidores,...

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab tem mostrado incapacidade de gestão do sistema de saúde. Além da inabilidade de diálogo com os servidores, constrói uma rede de venda de serviços. O estado não investe, sucateia seu parque e não contrata servidores, o que ocorre para justificar a contratação de terceirizados.

É, no mínimo, decepcionante defender a democracia, a valorização do servidor, a probidade pública e se deparar com a terceirização dos laboratórios de análises clinicas dos hospitais com a justificativa de melhoria para a saúde da população.
Um aspecto relevante é a invasão dos grandes grupos de medicina diagnóstica, que assume diversos serviços na região Sul do país e avança para o Nordeste de forma danosa para as microempresas e para a arrecadação dos municípios.

Esta negativa ação prejudica os servidores que dedicaram anos na qualificação de serviços, gera um novo grupo de trabalhadores terceirados, perda do investimento nas instalações e equipamentos e, claro, quem paga a conta é o usuário.